Bolinhas Aleatórias: A Misteriosa Vida Real das Dançarinas de Palco

Outro dia, tive a oportunidade de apreciar o programa do Raul Gil num sábado à tarde. E junto com toda a dinâmica de um programa de platéia, veio também aquelas misteriosas meninas, todas bem maquiadas e com roupas esvoaçantes, brilhantes e curtas, que ficam dançando alegremente lá trás, enquanto outros menos afortunados (mas, temos de admitir, um pouco sedentos pelo tipo de fama e reconhecimento que só um programa como Raul Gil dá) ficam ali, tentando convencer os jurados/ a platéia/ você, nobre espectador, que tem voz linda/ dançam muito bem/ não fazem nada mas merecem ser famosos.

Mas, enfim, o que me intriga toda vez que vejo aquele grupo de meninas ali atrás, com aquele sorriso inabalável, é a misteriosa vida real que essas dançarinas tem. Como será que é voltar para casa após um dia de trabalho intenso, todos os músculos do corpo doendo (com especial ênfase nos músculos das bochechas, é claro, porque todo aquele sorriso tem um preço, tem que ter), colocar calça jeans e camiseta e voltar a ser… normal?

Foto retirada do site celsojunior.net

Aliás, qual será a reação da família dessas meninas que dançam na tv? Será que o pai dessas fica todo orgulhoso, chama todos os vizinhos e parentes em casa para ligar a tv de 29 polegadas e ver a menininha dele dançar?  “Opa, acho que a calcinha dela acabou de aparecer em rede nacional” diria aquele amigo mais debochado. “Claro que não!” o pai da dançarina responderia indignado. “Você não sabe que eles colocam aqueles shorts de lycra para não aparecer mais do que deve?!”.

Minha imaginação vai mais longe: será que alguma daquelas meninas está ali realizando um sonho? Ou será que consideram aquele apenas um pequeno passo numa longa carreira? Logo, logo, um grande produtor, assistindo o Domingão do Faustão, irá olhar para uma delas e sentirá que encontrou a próxima estrela de seu grande filme? A próxima cena na vida dessa menina seria o recebiment0 de um Oscar… e ela sempre poderia dizer que começou com uma dançarina, repetindo 20 a 50 vezes uma ou duas sequências de passos que se adaptam conforme o ritmo da música que está tocand0 sem, é claro, perder o sorriso encantador (ai, se uma câmera pega uma delas sem o sorriso no rosto… é despedida por justa causa na hora).

Foto retirada do site 180graus.com

Acabo todas essas reflexões aclamando a coragem dessas meninas que, por alguns minutos de exibição em rede nacional, aceitam ser basicamente um objeto de decoração nesses palcos da vida (ou dos fins de semana, como preferir). Ou talvez não seja essa a real motivação delas, mas quem poderá afirmar, afinal, o que se passa na cabeça e no coração das dançarinas de palco?

Deixe um comentário

Arquivado em Bolinhas Aleatórias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s