Top Ten Tuesday: Os Dez Melhores/Piores Finais de Séries

Esse é o primeiro Top Ten Tuesday que eu respondo aqui no blog, mas esse é um meme semanal bem famoso criado pelo blog The Broke and the Bookish. O tema dessa semana são os dez melhores/piores finais de séries que eu já li. toptentuesday

Os Melhores:

1. Harry Potter: eu não podia deixar de começar com a série Harry Potter. Eu sei que o fim do último livro, o epílogo, é uma parte que causa muita controvérsia entre os fãs, mas devo admitir que eu estou do lado daqueles que acreditam que a JK Rowling não podia ter acabado os livros de um jeito melhor. E ainda ganha muitos pontos por ser um fim que responde todas as perguntas que foram surgindo ao longo dos sete livros, então é um baita bônus.

2. Percy Jackson e os Olimpianos: Tio Rick (Rick Riordan já até assumiu o apelido que os fãs brasileiros deram para ele no twitter, vai vendo…) escreveu as aventuras do Percy em cinco livros e deu um fim muito bom para a sua série, no meu entender: teve uma batalha épica, traição, romance, gente orgulhosa tendo que engolir o orgulho, momento família… enfim, foi um final bem completo. Porém, o que eu mais gosto no fim da série é o fato de que ela acaba com a série mesmo. A “continuação” Os Heróis do Olimpo utiliza sim vários personagens já conhecidos, mas você só precisa ler se você quiser. Se quiser parar por aqui, tudo bem, você vai ter a história completa.mediadora

3. A Mediadora: Essa série tinha que aparecer por aqui! Porque enquanto eu estava lendo, lembro que ficava tentando encontrar uma solução para a Suzannah e o Jesse e simplesmente não encontrava!!! Mas eu podia confiar na Meg Cabot, que conseguiu encontrar um final muito, mas muito bom mesmo para a série. A Mediadora foi uma dessas séries que fechou com chave de ouro e o último livro, Crepúsculo, é um dos meus preferidos da Meg.

4. O Senhor dos Anéis: porque Tolkien conseguiu escrever uma saga épica como é O Senhor dos Anéis, trazendo à tona várias criaturas, lutas pelo poder, inventando uma língua (escrita, falada e até cantada) para cada espécie, bem como a história de cada uma delas, e no meio de toda essa maestria, ainda conseguiu fazer com que quem salva o dia seja a última criatura que você vai imaginar. Mestre. Tolkien é outro nível.

5. Jogos Vorazes: quem leu minha resenha sobre essa série, sabe que eu tenho alguns sentimentos controversos sobre ela. Mas não poderei nunca dizer que Suzanne Collins não soube finalizar a história de uma maneira coerente, totalmente condizente com o clima do livro e a maneira como a história foi contada. De alguma forma, racionalmente, você sabe que tem que acabar daquele jeito, porque é o que parece mais real. E aí a autora é digna de admiração.

Os Piores

6. Crepúsculo: para quem não sabe, eu já fui muito fã dos livros da Stephenie Meyer. Muito mesmo. Hoje, eu já consigo criticar alguns pontos dos livros, ver que algumas colocações que estão ali não são muito legais… mas ainda assim, tem alguns pontos bons. Meu grande (para não dizer COLOSSAL) problema com a série, mesmo nos áureos tempos, foi sempre o fim que a autora resolveu dar. Se a série tivesse acabado com Eclipse, acho que teria sido muito melhor. Mas veio Amanhecer e eu… bem, eu simplesmente gosto de fingir que esse livro não existe. Acho a Reneesme (é assim que escreve o nome da criatura? Nem sei, eita nome feio) a coisa mais bizarra que já tive o desprazer de conhecer nas minhas aventuras literárias, o fim sem nem uma batalha é a coisa mais broxante do universo – e os roteiristas do filme devem concordar comigo, porque deram um jeitinho nisso na hora de passar para as telonas. Que Edward e Bella viveriam felizes para sempre, tudo bem, mas o rumo que a história tomou… blergh.

7. Feios: Com a série do Scott Westerfeld, eu comecei bem empolgada. O primeiro livro, Feios, é ótimo. Perfeitos é… bom. Agora, o fim da trilogia, Especiais, é… bem, eu achei muito esquisito. Parece que o autor saiu muito da casinha. Eu perdi totalmente a conexão com os personagens principais, parei de me importar com o que ia acontecer com eles. Realmente, acho um fim meio sem propósito. E o começo era tão promissor…

8. His Dark Materials: A trilogia que começa com A Bússola de Ouro, escrita por Phillip Pullman, cria um mundo de fantasia que dá para se perder lá dentro. As descrições dos locais e das pessoas são bem detalhadas, os personagens e seus daemons vão conquistando você… Mas não consigo aceitar como a série acabou. Simplesmente acho desproporcionalmente cruel com os personagens. Por causa desse final, nunca consegui ler mais nada do Phillip Pullman. Ah, em tempo: li os livros bem antes do filme começar a ser produzido e desde aquela época, minha Marisa Coulter sempre foi a Nicole Kidman, então eu ganho um cupcake imaginário por ter previsto essa, hein?rainhafofoca

9. A Rainha da Fofoca: Apesar de amar Meg Cabot e ela ter aparecido ali em cima com uma série que mereceu um espaço entre os melhores finais, aqui ela aparece com um pior. Porque não tem outra maneira de definir o final da trilogia A Rainha da Fofoca. O primeiro livro é extremamente engraçado, mas acho que não era livro para virar trilogia. Sei que tem gente que amou todas as reviravoltas da história de Lizzie, a personagem principal, mas eu achei que a autora se perdeu no meio de tantas confusões. Fora que o Luke que a gente vê no primeiro livro se transforma totalmente, parece até que foi meio que distorcido para que a história tomasse o rumo que tomou. Não me convenceu.

10. O Diário de Bridget Jones: ok, esse daqui o último livro da série nem foi lançado ainda, mas simplesmente não consigo imaginar nada que me faça querer ler um livro em que o Darcy tenha morrido. Nem spoiler posso falar que é essa informação, já que o próprio resumo do livro já conta isso. Por que Helen Fielding? Por que? Se não sabe mais o que fazer com a história, escreve outra, caramba! mari-transp

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s