Assisti no Netflix: Orphan Black

Qual seria sua reação se, ao chegar numa estação de trem, visse uma pessoa se suicidar na sua frente? E o pior, alguém que é igualzinha a você? É por essa situação que passa Sarah Manning, e a reação dela não é muito convencional: como é órfã, acredita que se trata de uma irmã gêmea que nunca conheceu e graças à sua situação não muito boa, resolve simplesmente trocar de identidade com a suposta irmã suicida, pegar todo e qualquer dinheiro que ela possa ter e sumir no mundo após recuperar a guarda de sua filha. Mas Sarah não sabia no que estava se metendo.

20140522-233053.jpg

Ela vai aos poucos se envolvendo com a vida pessoal de Beth, que era policial, e descobre que ela estava tentando usar de seus contatos dentro da polícia para investigar o porquê de existirem mulheres idênticas a ela espalhadas pelo mundo.

Logo vai ficando claro que existem outras como Sarah… ou como Allison, a mãe de família suburbana, ou como Cosima, a cientista envolvida em estudos de genética, ou como outras que aos poucos vão aparecendo ao longo da história. Bem-vindos ao Clube dos Clones.

Orphan Black tem uma história extremamente interessante, e a primeira temporada com dez episódios está disponível no Netflix. A segunda temporada começou no dia 19/04 na BBC América, emissora norte-americana que produz a série.

ob02

O mais interessante sobre a série é que 90% do elenco inteiro é Tatiana Maslany, a atriz que dá um show interpretando todas as clones, inclusive interpretando uma das clones se fazendo passar por outra, o que é diferente, eu garanto para vocês. Aliás, após assistir alguns episódios, o difícil é acreditar que todas as clones são interpretadas pela mesma atriz: Tatiana construiu cada uma das personagens de uma maneira tão diferente, com seus jeitos de andar, de falar e de movimentar as mãos, que não dá pra acreditar. É realmente sensacional.

Os demais personagens também são interessantes, como Felix, o irmão de criação de Sarah, ou Delphine, uma estudante colega de Cosima, outra das clones. Conforme a trama vai se formando e vamos conhecendo outros personagens, as clones terão que investigar grupos poderosos para descobrir o que está por trás das suas origens.

Definitivamente, uma série que vale a pena assistir.mari-transp

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Assistir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s