Terças Whovians: TOP 5 Episódios da Era RTD

Essa é uma lista que sempre muda para mim, mas aqui vão os 5 melhores episódios da era Russell T. Davies em Doctor Who, na minha opinião.

tercaswhovians2

  • 5. The Waters of Mars
    Esse episódio mostra uma evolução do Doctor até então não vista: até onde ele chegaria se decidisse usar todo o poder que tem para fazer com que as regras do Tempo se curvassem para ele?mars02Colocado numa situação extrema, sabendo que está diante de um ponto fixo no tempo e que qualquer alteração aos acontecimentos que devem ocorrer em Marte podem trazer consequências drásticas no futuro da humanidade, ele decide simplesmente ignorar tudo isso. Afinal, ele pode mudar o destino daqueles exploradores. Ele pode salvar suas vidas. E ele cansou de perder todos aqueles que ele ama.mars10O resultado de suas ações é talvez ainda mais doloroso do que alguém poderia imaginar: para manter o ponto fixo que é sua morte, Adelaide Brooke, a comandante da missão em Marte, toma uma atitude surpreendente ao tirar a própria vida, e dessa forma o tempo volta aos trilhos.
    É assistindo tudo isso se desenrolar que o Doctor volta a si e percebe quanto passou dos limites. Esse desenvolvimento do personagem, junto com a atuação espetacular do David Tennant, fazem as cenas do Senhor do Tempo Vitorioso algo impressionante e que mostra essa nova face do Doctor.
  • 4. Utopia/The Sound of Drums/Last of the Time Lords
    Pode parecer que eu tô sacaneando, mas esse é na verdade um episódio em três partes. O episódio final da terceira temporada trouxe de volta um dos inimigos mais icônicos do Doctor, o Master, que também é um Senhor do Tempo e de uma forma, um antagonista perfeito para ele.last03O plano do Master (que se escondeu de tudo e de todos no fim do universo – literalmente) de controlar toda a humanidade começa com um passo simples, quando ele se elege Primeiro-Ministro do Reino Unido, algo que o Doctor torna possível ao ajudar a destituir Harriet Jones do cargo em The Christmas Invasion.utopia08O que torna o personagem do Master tão interessante é que ele é tão louco quanto inteligente. Igualzinho ao Doctor nesse sentido. Ele só prefere usar tudo isso para o mal. Ou para chamar a atenção do Doctor, o que você preferir.
    Apesar de termos o Doctor modificado geneticamente para envelhecer, e de, vamos ser sinceros, a resolução do episódio não ser das melhores, contando com uma rede de satélites e com todo mundo pensando em Doctor ao mesmo tempo, o importante é que a Martha brilha nesse episódio, mostrando exatamente para quê veio.getout03E o adeus dela para o Doctor continua a ser a melhor saída de uma companion em toda a era moderna da série.
  • 3. Dalek
    Dalek tinha a missão de apresentar um vilão histórico da era clássica para os novos espectadores da era moderna e foi com um roteiro bem escrito e participações espetaculares tanto do Doctor (aliás, obrigada Eccleston por me fazer ter medo dos Daleks) quando da Rose Tyler, que apresenta uma característica importante nesse episódio: sua compaixão.bitslow02 bitslow04Fora que também temos a figura de Henry Van Statten, que basicamente representa a ambição sem limites da humanidade.
    E a cena em que Rose protege o Dalek do Doctor é outra que nos ajuda a convencer que sim, esse episódio merece seu lugar aqui.
  • 2. The Impossible Planet/The Satan Pit
    E sem a TARDIS, como fica o Doctor? Os episódios que acontecem em Krop Tor acabam mostrando todo o desespero do Doctor.colour06Esse episódio duplo tem momentos entre o Doctor e a Rose que deixam o coração de qualquer shipper suspirando. A cena em que o Doctor literalmente está conversando com uma criatura que se autointitula Satã e deixa bem claro que se tem alguma coisa em que ele acredita é nela, e ela devolvendo toda essa confiança que ele tem nela ao atirar na janela da nave espacial para se livrar de um Toby possuído, é sempre mencionada para demonstrar de maneira clara que sim, vale a pena ser uma Doctor/Rose shipper.
  • 1. The Stolen Earth/Journey’s End
    O que dizer desse episódio? A razão mais básica para ele estar aqui é a reunião dos companions que fizeram parte da vida do Décimo Doctor em uma única TARDIS. Porém, também devem ser mencionados os momentos em que a Rose tenta desesperadamente achar o Doctor e quando finalmente acha, ele é atingido por um Dalek; o modo como ele evita uma regeneração, utilizando-se apenas o suficiente para se curar do estrago feito pelo Dalek e depois concentrando toda a energia extra na sua mão cortada; essa mesma mão se tornando o Metacrisis; as despedidas de cada um deles, com direito a Rose ficando com o Metacrisis no mundo do Pete…tse10E claro, o baque final: o Doctor tendo que acabar com todas as lembranças que a Donna tem dele, para salvá-la. É uma despedida extremamente emocionante e que com certeza faz a gente chorar.
    Esse é um ótimo final para a quarta temporada e acaba resolvendo a maioria das histórias para deixar espaço para os especiais de 2009 que vieram em seguida, nessa que foi a última temporada do Doctor do David Tennant.

E vocês, quais os episódios fazem parte da sua lista?mari-transp

Deixe um comentário

Arquivado em Terças Whovians

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s