Terças Whovians: Personagens Secundárias Femininas da Era RTD que Roubaram a Cena (Parte II)

Continuando o post da semana passada, aqui estão mais algumas personagens secundárias que roubaram a cena quando apareceram em seus episódios… Algumas são bem óbvias, tendo participado do episódio e basicamente salvado todo mundo, mas outras… nem tanto. Ok, a grande maioria não sobreviveu aos seus episódios mas isso só faz delas mais incríveis ainda, né?
tercaswhovians2
1. Lynda Moss
Lynda (com um y) é uma das participantes do Big Brother, um dos vários jogos que o Satellite 5 produz (e que são vigiados pela Controladora). Ela é uma terráquea que foi “sorteada” ou seja, levada à força, para dentro de um dos jogos e, se perder, será vaporizada.
women12Ela acaba fazendo amizade com o Doctor e quando ele consegue escapar da casa mais vigiada do universo (ela nem precisa mandar beijo pro Bial) vai junto com ele, mesmo tendo medo do que pode acontecer.
Ao salvar Rose e montar junto com Jack um plano para segurar os Daleks, Doctor conta com a ajuda de Lynda para monitar o avanço dos vilões dentro do Satellite 5. Porém, os Daleks acabam por encontrá-la e ela é exterminada.

2. Chantho

Chantho é da espécie Malmooth (na verdade, é a última de sua espécie) e ajudava o Professor Yana em seu projeto Utopia. Ela adorava o velho professor ao ponto de possivelmente estar apaixonada por ele, o que leva a uma rápida amizade com a Martha, que se encontra na mesma situação com o Doctor.

Faltou um H no nome dela... Ooops!

Faltou um H no nome dela… Ooops!

Uma de suas particularidades é que por educação ela deve começar e terminar todas as suas frases com o ínicio e fim do seu nome, e não fazê-lo é considerado por sua espécie algo rude. Martha então passa a incentivá-la a fazê-lo, e as duas riem quando ela consegue.

Chantho tenta conversar com o Professor Yana quando ele se lembra de quem é (o Master) mas ele não a ouve e acaba por ferí-la com um cabo de energia. Sua última ação é atirar nele, o que acaba por desencadear a sua regeneração. Chantho é um raio de luz que usa até seu último suspiro para fazer o que acha certo, mesmo tendo sendo traída pela pessoa que mais confiava e a quem dedicou boa parte da sua vida.
4. Astrid Peth
A garçonete da espaçonave Titanic foi interpretada por ninguém menos que a pop star Kylie Minogue e quer ver o mundo. Ela é tratada com desprezo pela maioria dos passageiros da espaçonave, mas na verdade tudo o que queria era conhecer as estrelas. O Doctor logo a convida para viajar com ele (também, quem não convidaria Kylie Minogue para viajar?), inclusive a levando para uma excursão em Londres, na Terra.
women11Porém, como nem tudo são flores, logo o Doctor percebe que tem alguma coisa errada com o Titanic espacial e, para encurtar a história, é a Astrid que se sacrifica para que o Doctor possa salvar todo mundo. Familiar, não?
4. The Hostess (A Atendente de Bordo)
A Atendente de Bordo do ônibus que faz o passeio pelo planeta Midnight é outra personagem feminina que merece seu lugar na lista. Afinal, ela está ali simplesmente para servir. Esse é seu trabalho. Ela fica para trás, como se fosse parte do cenário, só atendendo os passageiros. Ninguém nem pergunta seu nome.
women07Quando o ônibus pára no meio do nada, sua primeira reação é acalmar os passageiros e garantir que tudo vai ficar bem, que a ajuda está chegando. Enquanto o pânico vai chegando, ela (que também está em pânico, afinal de contas quem não estaria?) é quem vai levando as patadas dos passageiros, que num primeiro momento agem como se ela fosse a culpada por aquilo.
A Atendente de Bordo é também a primeira a assumir que jogaria a criatura que está no corpo de Sky para fora e desconfia do Doctor, já que todos os outros passageiros reservaram o passeio com antecedência e ele chegou de última hora. É interessante perceber tudo isso, porque quando a criatura consegue paralisar o Doctor e fingir que ele está “possuído” é a Atendente que percebe o que está acontecendo e se sacrifica, agarrando a “Sky” e se jogando porta afora, salvando o Doctor e todos os demais passageiros. E no fim de tudo, ninguém sequer sabe o nome dela.
5. Adelaide Brooke
Adelaide Brooke é a líder da primeira missão da Terra em Marte. Ela e sua equipe estão implementando uma colônia em território marciano, inclusive com plantações para garantir a sustentabilidade e sobrevivência.
O Doctor, passeando sozinho, acaba por parar em Marte e visita a colônia. Porém, não demora muito para algo na água utilizada ali afetar os membros da missão, fazendo com que eles virem outras criaturas. Só então o Doctor lembra quem é Adelaide Brooke e como o fracasso da missão em Marte, com todos os membros da equipe mortos, é o que acaba inspirando a sua neta a procurar cada vez mais as estrelas e assim impulsionando a humanidade a conquistar o espaço.
women10Ele tenta sair dali, inclusive explicando para Adelaide que aquela missão é um ponto fixo no tempo e que nada pode alterá-lo ou o futuro poderá sofrer. Porém, deixar todos para trás, ouvindo seu desespero pelo rádio, prova ser demais para o Doctor, que volta e decide que as leis do tempo são dele e que elas o obedecerão e não o contrário.
Ao ser salva pelo Doctor e perceber que aquela pessoa que ele se tornou bem diante dos seus olhos fará o que quiser e nada poderá pará-lo, Adelaide Brooke toma o destino nas próprias mãos e, para manter o ponto fixo no tempo, se mata. Ao perceber o que aconteceu, o Doctor cai em si. E tudo porque Adelaide Brooke lhe mostrou o caminho… através de sua morte.
Outras personagens femininas da era RTD poderiam estar aqui, mas sobre algumas eu já até fiz um post específico (oi, Jenny) e se eu fosse listar todas as mulheres que roubaram a cena nos episódios da era RTD, basicamente íamos ter pelo menos uma personagem por episódio. Mas elas vão acabar aparecendo aqui no Terças Whovians, de uma maneira ou de outra.
Qual as personagens femininas você colocaria nessa lista?mari

1 comentário

Arquivado em Terças Whovians

Uma resposta para “Terças Whovians: Personagens Secundárias Femininas da Era RTD que Roubaram a Cena (Parte II)

  1. Maria Lourdes

    Mme. Pompadour seria a mais importante, a meu ver. Ela não é companion, mas o eixo sobre o qual a estória gira.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s