Acabei de (re)Ler: No Good Duke Goes Unpunished – Sarah MacLean

Sarah MacLean chega no terceiro livro da série The Rules of Scoundrels para contar a história do Duque de Lamont e de Mara Lowe.
nogoodduke

O terceiro dos sócios do The Fallen Angel é também conhecido como o Killer Duke, ou o Duque Assassino, tendo em vista que quando tinha dezoito anos foi encontrado num quarto numa cama  ensanguentada e nem rastro da mulher que deveria estar lá com ele. Para piorar, a mulher é ninguém menos do que a noiva de dezesseis anos do seu pai, que tem três vezes a idade dela.
Todos acreditavam que ele havia assassinado a mulher, mas além de nunca terem encontrado o corpo, ele era filho de um Duque, o maior título da aristocracia, abaixo somente da realeza, e portanto não poderia ser preso.
No The Fallen Angel, Temple, o nome pelo qual prefere ser chamado, é o responsável pela última esperança daqueles que, endividados pelos jogos, querem recuperar sua fortuna. Tudo o que tem que fazer é lutar boxe com Temple e ganhar. Ninguém nunca consegue.
Mas sua vida dá uma guinada quando recebe uma visita totalmente inesperada: Mara Lowe, a mulher que todos acreditam que ele teria assassinado, viva e querendo que ele devolva a fortuna do seu irmão, que está endividado graças às jogatinas no The Fallen Angel. Para isso, ela propõe se revelar para o mundo, tirando qualquer suspeita sobre o Duque e lhe devolvendo a reputação na Sociedade.
Temple sempre teve dúvidas sobre o que realmente havia acontecido naquela noite, já que não tem nenhuma lembrança. Por isso, usando-se da negociação que pode ter com Mara, ele decide arruiná-la perante a Sociedade para obter sua vingança.
O que ele não sabe é que Mara dirige um orfanato para meninos, em sua maioria filhos ilegítimos de aristocratas que os deixam ali para serem criados, deixando uma doação para isso. O problema é que todo o dinheiro do orfanato foi perdido no Angel pelo irmão dela, Christopher, que havia prometido guardar no banco para ela.
Conforme a história vai sendo contada, as razões para Mara ter feito o que fez e o porquê de ter virado uma governanta de um orfanato vão ficando mais claras.
Essa história foca bem nas razões que cada um tem para ter se tornado o que é. Afinal, Mara é responsável pelo Temple ter virado o que virou? E Christopher, será que ele seria uma pessoa totalmente diferente se as circunstâncias de sua vida tivessem sido outras?
É um livro muito interessante, e seu final é o que traz uma baita reviravolta, finalmente revelando um dos maiores segredos sobre Chase. Sua identidade ainda não é revelada, mas a última parte do livro confirma algumas teorias sobre o mistério que existe em torno de sua pessoa.
Lembro que quando eu li, eu fiquei bem surpresa. Gostei bastante da maneira sutil que a autora decidiu para fazer a revelação. E mal podia esperar pelo último livro da série, que foi lançado no fim de Novembro de 2014, e que eu li em apenas dois dias.
mari-transp

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s