Arquivo da tag: Richelle Mead

Acabei de ler: Tabuleiro dos Deuses – Richelle Mead

Mesmo sendo fã da série Academia de Vampiros e estar acompanhando (devo dizer, porém, com bem menos entusiasmo após o último livro) a spin-off Bloodlines, não tinha lido ainda nada da Richelle fora do seu universo de Moroi, Strigoi e Damphir. Mas aí, A Era de X foi lançada e o primeiro livro da série, Tabuleiro dos Deuses, já tem edição brasileira e eu resolvi consertar o erro. Ajudou muito que uma amiga minha leu e adorou, fazendo campanha pra que todo mundo lesse. Não me arrependi.

tabuleirodosdeuses Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Sobre o Desânimo de Ler

Eu amo ler. Se você der uma passeada aqui pelo blog, você percebe como isso é verdade. Mas de uns tempos pra cá, parei um pouco com todo aquele entusiasmo. Nem fiz mais post de livros do mês. Por quê?

Quero deixar bem claro que não parei pura e simplesmente de ler: li The Golden Lily, o segundo livro da série  Bloodlines, da Richelle Mead, e gostei muito. Acho que a autora criou personagens bem interessantes dentro dessa mitologia de vampiros e alquimistas e tudo o mais. Enfim, não vou me aprofundar muito.

Voltando às minhas explicações a respeito de todo o desânimo. Primeiro, a vida me pegou de jeito: passei uma boa parte dos últimos meses escrevendo meu artigo da pós-graduação. Claro, li muito para isso, mas nenhum livro de literatura mesmo, desses que mostram como a leitura é um prazer, não uma obrigação.

Depois, com o artigo da pós entregue, até consegui ler um livro: o This Lullaby, da Sarah Dessen. O livro é bem gostosinho de ler e consegue ser um romance adolescente que escapa de alguns clichés e que não tem um final felizes para sempre, como num conto de fadas, mas um final mais pé no chão.

Aí, como eu sou dessas que diz que a gente nunca pode basear as próprias opiniões no que a gente ouve falar, encarei o desafio e li 50 Shades of Grey (50 Tons de Cinza, na edição brasileira) da E.L. James. Para não ficar aqui descascando o verbo em cima do livro, tudo o que vou dizer é que a única razão que eu consigo visualizar para que esse livro tenha feito o sucesso que fez é que se trata de um assunto tabu (mas que as pessoas tem muita curiosidade) de uma forma bem romantizada, o que faz quem lê se sentir mais confortável. Mas em termos de escrita, de vocabulário e de desenvolvimento de personagens? É, o livro deixa muito a desejar. Muito.

Comecei então a ler O Guia do Mochileiro das Galáxias, do Douglas Adams. Eu amo esse tipo de leitura, mas acho que o 50 Shades me quebrou um pouco e qualquer entusiasmo que eu possa ter foi pelo ralo. Eu ainda estou tentando reencontrá-lo (é Douglas Adams!!!) mas por enquanto…

Uma notícia feliz para mim é que amanhã, finalmente, começa a sétima temporada de Doctor Who! Estou esperando ansiosamente que essa temporada seja melhor que a anterior (que foi, sinceramente, a pior desde que a série voltou em 2005), até porque o nome do segundo episódio é “Dinosaurs on a Spaceship” e isso é basicamente a minha infância descrita em um episódio! Muitas esperanças mesmo!

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Assistir, Acabei de Ler, Bolinhas Aleatórias

Meme: Expectativas Literárias 2012!

Meme do blog da Nat Puga. Gostei muito da idéia e resolvi responder por aqui também.

Meta de Leitura: 50 livros (esse ano eu vou conseguir!).
Primeiro do ano: Jogos Vorazes – Suzanne Collins.
Gênero que vou ler mais: Chick-lit e YA. Amo muito!
Gênero que vou ler menos: Ficção.
Lançamento internacional mais aguardado:  The Mark of Athena – terceiro volume da saga Os Heróis do Olimpo, de Rick Riordan e Golden Lily, segundo volume da saga Bloodlines, da Richelle Mead.
Lançamento Nacional mais aguardado: Serve a tradução de The Son of Neptune, ou seja, O Filho de Netuno, do Rick Riordan?  Também estou esperando pela tradução de Spirit Bound, da Richelle Mead.
Lançamento de livro brasileiro mais aguardado: Não tenho nenhum no momento. Ainda não encontrei um autor brasileiro que me entusiasmasse tanto pelos seus livros, que eu ficasse esperando pelo lançamento.
Continuação de saga mais aguardada: Definitivamente The Mark of Athena, o terceiro da série Os Heróis do Olimpo, do Rick Riordan.
Final de saga mais aguardado: O final da série Os Heróis do Olimpo. Tô me sentindo meio repetitiva nas minhas respostas…
Próximas compras: Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins; A Irmandade das Calças Viajantes – Ann Brashares

Vamos ver se atinjo minhas expectativas literárias para o ano que vem! Feliz 2012!

1 comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Acabei de Ler: Aura Negra e Tocada Pelas Sombras – Richelle Mead

E com a leitura desses dois, chego exatamente ao ponto na série que eu estava há alguns anos atrás, quando li os três primeiros livros pela primeira vez.

Reler foi realmente uma boa idéia, afinal. Acho que na primeira vez que eu li o terceiro, como já sabia mais ou menos o que aconteceria no final, acabei lendo muito por cima, sem dar atenção à personagem nenhum. É estranho como às vezes eu fico tão preocupada com o destino de um dos personagens que me esqueço de todos os outros… Aliás, não duvido nada que eu tenha simplesmente pulado alguns dos últimos capítulos.

Bem, dessa vez eu fui uma menina comportada e li o livro inteirinho. Gostei porque houve uma evolução dos personagens, um amadurecimento na história. Também teve uma boa dose de emoção, e aí eu nem me prendo na parte romântica, mas também de amizade, de perda e de luto.

Claro que passei raiva com a parte mais política da história, e por isso admiro a autora que conseguiu criar um mundo de fantasia que se sustenta com personagens que não são planos, mas sim mostram várias facetas e tem vários motivos obscuros.

Ainda não sei exatamente para onde vai caminhar a história ou qual a solução que a autora vai encontrar para o problema insolucionável que ela criou no fim do terceiro livro, mas algo me diz que existem personagens que já estão na história posando de bonzinhos e que vão se revelar. Bem, veremos na segunda metade da série.

Resumindo, estou muito pronta para ler o Promessa de Sangue, que já está aqui  do lado, prontinho para eu começar. 

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Acabei de Ler: O Beijo das Sombras – Richelle Mead

Mais um post que tem como título “Acabei de Ler” mas na verdade deveria ser “Acabei de Reler”. Li os três primeiros livros da série Academia de Vampiros (da qual “O Beijo das Sombras” é o primeiro) há alguns anos atrás, e lembro que queria muito que saísse o próximo, mas aí eu estava lendo em inglês e ia demorar… acabei deixando de lado e há um pouco mais de um mês, passeando pelo site Submarino (olha o perigo!), encontrei os três primeiros + o quarto livro da série em promoção: sei que no fim das contas eu comprei os quatro pelo preço de dois, e ainda aproveitei e comprei O Trono de Fogo junto.

Enfim, tudo isso pra contar que decidi reler a série novamente. Não me lembro muito bem da história, então é praticamente um livro novo pra mim. Lógico, conforme eu vou lendo vou me lembro de alguns detalhes, mas é pouca coisa mesmo.

Enfim, Academia de Vampiros é contada pelo ponto de vista da Rose, que é uma dampira. Sua melhor amiga é a Lissa, que é uma Moroi. Existe também uma terceira raça de vampiros, chamada Strigoi, que são os maus da história. Para resumir muito mesmo (porque é cheio de detalhezinhos), os Moroi se alimentam com comida e também de sangue humano; podem fazer magia, se especializando em um dos elementos da natureza; e são pacíficos, ou seja, não usam a magia de forma agressiva. Mas existem também os Strigoi, que podem ter sido transformados contra a própria vontade ou podem ter escolhido se transformarem, desistindo de fazer magia para terem a imortalidade. E para proteger os Moroi (os bonzinhos) dos Strigoi (os mauzinhos), estã0 os dampiros, que não podem fazer magia mas são mais fortes e ágeis, aceitando o papel de guardiões dos Moroi por um simples motivo: como não podem se reproduzir entre si, necessitam dos Moroi para continuarem existindo.

Se eu consegui não fritar seus miol0s até aqui (porque é muita informação mesmo), basta dizer que o livro conta a história da Rose e da Lissa na escola que é a Academia de Vampiros que dá nome a série. Rose está sendo treinada para ser guardiã por um guardião mais experiente chamado Dimitri, que é outro personagem bem interessant. Claro, o sonho dela é ser guardiã da melhor amiga, que é membro da realeza Moroi. E nada garante que Rose possa ser sua guardiã… Para complicar ainda mais a situação, Lissa não é exatamente como todos os outros Moroi… mas aí fica muito complicado para explicar, só lendo o livro mesmo.

O que eu gosto nos livros: é uma história bem montada, tem bastante ação, personagens que te dão raiva, outros apaixonantes… você acaba torcendo pela Rose mas em certos momentos quer bater nela. Lissa é um amor de pessoa, mas tem certas horas que não dá pra acreditar em algumas de suas escolhas. Ou seja, são personagens reais, nada é preto e branco, e navegando pelos tons de cinza a história fica muito interessante. Fora que a hierarquia e a politicagem dentro do reino dos dampiros/Moroi/Strigoi é muito envolvente e te faz ficar com a pulga atrás da orelha, sem saber quem está tentando ajudar e quem está simplesmente tentando salvar a própria pele. Definitivamente, não é um livro previsível, e eu me encontrei tentando imaginar o fim da saga várias vezes. Recomendo para quem gosta de fantasia e claro, por aqueles fanáticos por vampiros. É uma leitura envolvente, sem dúvida.

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Ler