Arquivo da tag: rick riordan

Acabei de Ler: The Mark of Athena – Rick Riordan

The Mark of Athena (A Marca de Atena) é o terceiro livro da série “Heróis do Olimpo”, que por sua vez é uma continuação da série “Percy Jackson e os Olimpianos”. Eu li os dois primeiros, “O Herói Perdido” e “O Filho de Netuno”, bem rápido, e fiquei esperando ansiosamente o terceiro. Tenho que dizer, infelizmente, que esse último livro me decepcionou um pouco.
amarcadeatena
A história continua, contando o encontro (finalmente) dos semi-deuses gregos e romanos, e as aventuras que os sete semi-deuses começam a enfrentar para salvar o Olimpo e o mundo de Gaia, que ameaça acordar de seu sono profundo para se vingar dos deuses. Ou seja, apenas mais um dia normal na vida dos semi-deuses.
O que eu acho que atrapalhou um pouco nesse livro, especificamente, foi o fato de ter muita gente contando a história. O que havia funcionado bem com os dois primeiros, onde em cada um apenas três contavam a história, aqui, com sete, começa a ficar meio confuso.
Não só isso, mas em vários pontos, os sete tem que se separar, e a cada nova aventura, mudam as equipes. Pode parecer estranho, mas para mim, como leitora, tantas mudanças de ponto de vista e de grupos e tantas aventuras acontecendo ao mesmo tempo… meio que me tirava o foco da história principal, com muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo, e no fim, fiquei desanimada para ler.
Tanto que já estava com o livro desde outubro do ano passado e só li agora, nas férias de janeiro. Por ser um livro do Rick Riordan, que é um escritor que eu admiro bastante e costumo ler com uma certa rapidez, é uma surpresa. Mas como nós ainda teremos a continuação da história, pode ser que esse livro tenha sofrido a velha síndrome do livro do meio, que não tem mais aquele fôlego do primeiro, mas ainda não pode dar muitas pistas do fim…foto3

Deixe um comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Meme: Expectativas Literárias 2012!

Meme do blog da Nat Puga. Gostei muito da idéia e resolvi responder por aqui também.

Meta de Leitura: 50 livros (esse ano eu vou conseguir!).
Primeiro do ano: Jogos Vorazes – Suzanne Collins.
Gênero que vou ler mais: Chick-lit e YA. Amo muito!
Gênero que vou ler menos: Ficção.
Lançamento internacional mais aguardado:  The Mark of Athena – terceiro volume da saga Os Heróis do Olimpo, de Rick Riordan e Golden Lily, segundo volume da saga Bloodlines, da Richelle Mead.
Lançamento Nacional mais aguardado: Serve a tradução de The Son of Neptune, ou seja, O Filho de Netuno, do Rick Riordan?  Também estou esperando pela tradução de Spirit Bound, da Richelle Mead.
Lançamento de livro brasileiro mais aguardado: Não tenho nenhum no momento. Ainda não encontrei um autor brasileiro que me entusiasmasse tanto pelos seus livros, que eu ficasse esperando pelo lançamento.
Continuação de saga mais aguardada: Definitivamente The Mark of Athena, o terceiro da série Os Heróis do Olimpo, do Rick Riordan.
Final de saga mais aguardado: O final da série Os Heróis do Olimpo. Tô me sentindo meio repetitiva nas minhas respostas…
Próximas compras: Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins; A Irmandade das Calças Viajantes – Ann Brashares

Vamos ver se atinjo minhas expectativas literárias para o ano que vem! Feliz 2012!

1 comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Acabei de Ler: O Trono de Fogo – Rick Riordan

Essa é a continuação das Crônicas dos Kane, ou seja, do livro A Pirâmide Vermelha. A história dos irmãos Carter e Sadie Kane, que são magos que têm sangue de faraó em sua linhagem, o que garante que sejam mais poderosos do que a maioria dos magos egípcios e que possam às vezes hospedar deuses do antigo Egito, continua com mais uma aventura em que eles devem tentar trazer de volta Rá, o Deus Sol, do seu exílio (ou melhor, de sua aposentadoria), caso contrário Apófis, que é o Caos, irá tomar conta e o mundo como conhecemos vai desaparecer.

Seria uma história ótima, mas às vezes eu tenho a impressão que Riordan apenas muda a mitologia para escrever seus livros infanto-juvenis. Não me entenda mal, eu adoro os livros dele, e como eu disse na minha resenha de “O Herói Perdido”, o ritmo dele é muito bom. O único problema é que alguns dos temas principais são recorrentes, como por exemplo o fato de que o mundo vai acabar logo e a única coisa que pode nos salvar é magos e deuses lutando juntos. Trocando na última frase a palavra magos por semideuses, você tem basicamente a história da série Os Heróis do Olimpo.

Já pensei também que isso possa ser proposital, ou seja, Rick Riordan tem planos de fazer que os personagens se encontrem em algum ponto da história e que na verdade o inimigo contra o qual eles estão lutando é o mesmo, apenas a percepção muda conforme o que você está acostumado a viver: assim, Apófis seria a forma egípcia de Gaia, que é a vilã greco-romana. Isso é bem a cara do autor, que costuma deixar pequenas dicas de uma série na outra. Mas não sei: o jeito é esperar para ver. Mas também posso estar viajando legal.

Gostei muito do livro, apesar de ainda achar a história com Percy Jackson um pouco mais interessante, principalmente por causa dos personagens: ainda não encontrei nas Crônicas dos Kane um personagem que eu realmente ame. Mas isso é questão de tempo, talvez ele ainda esteja para aparecer.

E agora é esperar pelo próximo da série….

1 comentário

Arquivado em Acabei de Ler

Acabei de Ler: O Herói Perdido – Rick Riordan

Eu demoro quase um mês para postar e volto com mais um post de livro, né? Bom, fazer o quê? Eu sou assim mesmo…

Eu amei os livros da série Percy Jackson e os Olimpianos. Li os cinco praticamente sem parar, um atrás do outro. Sei que muitos fãs de Harry Potter podem não gostar muito por verem muitas semelhanças com a história da Tia JK Rowling (já perdi as contas de quanta gente achou o Acampamento Meio-Sangue uma cópia de Hogwarts) mas não acho que é bem assim: o povo exagera e inventa uma competição entre livros de um mesmo gênero, como se para ser declarado fã deste ou daquele livro você não pudesse gostar de mais nenhum outro. Bobagem.

Enfim, como consequência do meu amor por Percy Jackson, normal que eu quisesse ler a continuação da história, que é esse livro, O Herói Perdido. Rick Riordan muda um pouco a forma de narrar a história, que não é mais em primeira pessoa e que é contada do ponto de vista dos três protagonistas deste primeiro livro: Jason, Piper e Leo.

Sem memória, Jason tem que descobrir quem é e porque está numa escola para “casos difíceis”. Piper, sua namorada, só se meteu em encrencas até que seu pai a envia para essa escola. E Leo, que perdeu a mãe quando criança, está ali depois de passar por lares adotivos. Logo, eles descobrem que não são adolescentes comuns.

Como nos outr0s livros de Rick Riordan, o ritmo é muito bom. As pessoas às vezes não me entendem quando eu elogio o ritmo de um livro, mas o que eu quero dizer é que tem acontecimentos importantes espalhados pelos capítulos de forma que sempre faz você querer ler mais para saber o que vai acontecer e ao mesmo tempo, tem seus momentos de calmaria, quando você pode dar aquela paradinha básica para refletir sobre o que leu e tentar descobrir a resposta para os mistérios com as dicas que já foram dadas. Para mim, o ritmo num livro é um dos elementos mais importantes e um fator decisivo para saber se eu vou ler ou se vou deixar de lado.

Os novos personagens são interessantes, bem verídicos, tem seus momentos engraçados e tem aqueles momentos em que você fica com raiva desse ou daquele personagem. Quando o personagem consegue te envolver na própria emoção, você sabe que ele foi bem construído. E o pano de fundo, a história dos deuses do Olimpo com todas as suas particularidades e seus egos que não podem ser machucados, é muito bem situada, já que te faz querer saber mais sobre a história da Grécia antiga… Pelo menos eu entendo a escolha dos nomes dos esmaltes holográficos da Hits! Hahahaha

Só tem um problema sério: acaba rápido demais e o segundo livro será lançado em 04/10 lá nos EUA, ou seja, vai demorar um pouquinho para sair a tradução aqui no Brasil. Mas eu esperarei. Ansiosamente.

2 Comentários

Arquivado em Acabei de Ler